sexta-feira, 27 de julho de 2012

...




Amor, então,
também, acaba?
Não, que eu saiba.
O que eu sei
é que se transforma
numa matéria-prima
que a vida se encarrega
de transformar em raiva.
Ou em rima.

Leminski

3 comentários:

Por que você faz poema? disse...

Pelo menos
as rimas
não me
abandonam.

Jeferson Cardoso disse...

Leoni, Leminski... Gosto muito de tudo isso. Lêda, a propósito, por acaso, quer ver onde a coisa está russa?>>> O http://jefhcardoso.blogspot.com anseia por um comentário de sua parte. Abraço!

Luiz Filho de Oliveira disse...

Quem não curte Leminski não sabe aonde a poesia foi parar. Meus cumprimentos, Lêda, por divulgar a boa poesia. E vc, por que não faz poemas? Se os faz, desengavete-os urgentemente. Estou aguardando sua visita no meu blog. Até mais páginas.